Pesquisar nas cartas

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Quero nadar com a corrente!

Posso falar?
Como é difícil esperar!!!
Eu sei, eu sei... estamos cansadas de ouvir esse tipo de lamentação nos blogs de qualquer tentante. Por que não no meu, não é mesmo?!!!

Depois de quase 2 anos, a espera daquela pessoinha que trasnformaria nossas vidas, me pergunto: quanto tempo mais iremos esperar?

Estou num momento de pura ansiedade e incerteza... Acontece, de vez em quando.

Na semana passada, fomos numa palestra organizada pela Clínica onde estamos fazendo o tratamento. Foi uma experiência muito positiva.
Dos cinco casais presentes, apenas nós já havíamos feito um FIV. E também éramos os mais jovens. Bom ou ruim? Não sei...
O que eu sei é que nesses momentos, quando há um especialista falando sobre o assunto, com categoria e domínio, além de estar com outras pessoas na mesma situação e sentirmos que não somos os únicos, que pertencemos a algum lugar...

Entre muitas coisas ditas e debatidas, saímos com a sensação de que deveríamos ter ido na primeira palestra, que foi antes da minha FIV.  Visualizamos muitos sentimentos que nem mesmo reconhecíamos... Entre eles, a solidão...

Pode parecer exagero para quem não compartilha do mesmo problema, mas essa questão da solidão é muito forte. Não estou falando da solidão entre homem e mulher... Graças a Deus, tenho um marido excepcional ao meu lado... Eu falo daquele sentimento de "peixe fora d'água", em quase todos os lugares... E mais... Já perdi o rebolado e a educação tb em várias ocasiões...

Cena 1 - Num almoço com amigas (todas as que são casada tem filho ou estão grávidas), sempre surge esse assunto. Até aí tudo bem... Eu adoro aprender e ouvir conselhos sobre cuidados com os filhotes, etc... Mas no último que fui, uma desavisada (que foi a convite de outra amiga) começou a me perguntar, insistentemente quando eu iria engravidar... Todas as minhas amigas sabem que estamos em tratamento (e sabem também que não gostamos de comentar sobre isso) começaram a desconversar e dar, por mim, as velhas desculpas... Acabei falando de sopetão, na terceira tentativa dela: Estamos em tratamento e não gosto de falar sobre isso com ninguém! Foi constrangedor!!!
*perdi a educação*

Cena 2 - Hoje, chego no trabalho e uma amiga muito querida (grávida de 30 semanas) conversava com outra perto da minha mesa. E a história era linda, e estava sendo narrada com muita emoção... A moça acabara de descobrir a gravidez... E ainda não estava feliz por isso! Não fora planejada!
Digo AINDA, porque tenho fé e torço para que ela ultrapasse qualquer obstáculo que esteja deixando-a triste por essa benção!
E eu ali! Ouvindo aquela linda história e fazendo de tudo pra não me meter e falar o quão abençoada aquela menina estava!!!! Quando ela saiu, minha amiga ficou calada e não comentou nada a respeito comigo, mesmo sabendo que havia escutado tudo... Quis me poupar, acredito... Não era necessário! Meu coração se alegra com novas vidas a caminho! Não precisa ser no meu útero!
*perdi o rebolado*

Manter distância das perguntas e de algumas situações é tarefa árdua e requer muito tato...
Às vezes a gente consegue, outras... As outras, a gente esquece!

Eu quero mesmo é entrar nesse aquário!!!


8 comentários:

  1. É complicado mesmo, a gente tem que ouvir cada coisa.
    As pessoas só entendem quando passam pela situação, algo parecido, ou até mesmo que convive com quem passa.
    Deus nós dá força para superar e esquecer essas besteiras que ouvimos.
    Bjus***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Thalita, nem mesmo depois de tanto tempo a gente se acostuma... Pq todo dia tem um comentário mais bacana (sqn) que o outro...

      Ai Ai!
      Só Jesus na causa!

      Bjos

      Excluir
  2. A espera é mesmo exaustiva e não importa a quanto tempo vc esteja esperando... e se vc já tem um diagnóstico de infertilidade a coisa se complica ainda mais... mas, o pior mesmo é essa sensação de peixe fora d'agua e a insistência de alguns de nos cobrarem filhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ly,

      Estou incluindo vc todos os dias nas minhas orações, nesta semana!

      Quero ser titia!!!

      Bjossss

      Excluir
  3. Ai amiga sei tão bem o que é tudo isso aí, me vi em cada uma das suas palavras, com a diferença que no meu caso ninguém sabe que estamos em tratamento.... Espero que um dia Deus nos recompense por tudo isso nos deixando fazer parte do aquário...
    Bjus
    http://seraquevousermae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Mima,

    Foi a melhor coisa que tu fez, garota!
    Não contar, nesses casos, é um problema a menos pra resolver!

    Bjão

    ResponderExcluir
  5. Conheci teu blog hoje e já me emocionei tanto lendo! Confia em Deus, que em breve tu vai estar nadando COM a maré! Beijo grande!

    http://embrevemamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Talita,
      Que bom que vc gostou de estar por aqui!
      Seja-vinda e apareça quando quiser!!!

      Bjão!

      Excluir