Pesquisar nas cartas

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Com palavras

Desde o último post, eu estava assim, sem vontade de voltar aqui... Vocês entendem, não é?!
Mas com o passar do tempo, esse meu velho enxugador de lágrimas, eu sarei as feridas... As cicatrizes ficam aqui e acolá. Embora ainda chore um pouco, tenho levado o tombo de maneira mais leve que da última vez. Talvez pelo fato de já não ser principiante, talvez porque esteja mais forte... Ou tudo junto... O importante é que o sentimento de ser mãe e formar nossa família continua aqui, latente e intacto.

Eu pensei em não escrever o relato da 2ª FIV por causa do resultado negativo. Mas por que não?
Sinto necessidade de fechar esse ciclo. E aqui é o melhor lugar pra isso!
Escreverei tudo, inclusive alguns deslizes que cometi. Marido acha que esses "furos" não comprometeram o resultado do procedimento, mas eu sinto que sim. Pode não haver comprovação científica para isso... Sem ficar me culpando, pretendo fazer diferente da próxima vez.

20/08/2013
Consulta após a 1º FIV negativa. Conversamos sobre o que poderia ter acontecido e o mais provável é que os embriões, que não eram blastocistos e sim mórulas de 3 dias, não conseguiram desenvolver. Analisamos as condições para o próximo procedimento e decidimos fazê-lo já no ciclo seguinte, com um novo protocolo. Desta vez, eu começaria a usar uma medicação (synarel) antes de menstruar para tornar o crescimento dos folículos mais uniforme. No ciclo anterior, uns cresceram demais e outros nem tanto.

1º furo: Esse medicamento, Synarel, foi receitado 2X/dia, de 12 em 12 horas. Cronometrei às 7 da manhã e às 19 horas. Sem esquecer e sem errar o horário, de forma alguma, pontualidade britânica!
Eu esqueci por 3X (no horário noturno) e passei do horário numas 4 situações.
Eu confesso que tenho dificuldade em mudança de hábitos e rotina. E todas as vezes que isso aconteceu, eu passei da hora de tomar o remédio. Pior pra mim!

17/09/2013
Menstruei.
Marquei a 1º ecografia transvaginal para o dia seguinte, embora quase não tenha conseguido horário. Liguei para o meu médico e ele pediu que viesse o mais cedo possível, mesmo sem hora marcada.

18/09/2013
Durante o exame, o Dr. V nos mostra animado 6 folículos em cada ovário, 12 folículos no total. Paciente, marido e médico bem animadinhos, às 8:00 da manhã.
Iniciei a medicação com injeções (Gonal) 1x/dia, sempre entre as 18 e as 20h + Synarel.
Tomei essas medicações logo após as 18 e não cometemos erros nessa fase.

21/09/2013
Nesta segunda ecografia, os folículos estavam crescendo de forma assincrônica. Mais uma ecografia para ver a evolução foi marcada.

23/09/2013
Terceira ecografia, confirmação de 10 folículos aptos para a captação, embora os tamanhos fossem um pouco desiguais. Mais algumas injeções  de Gonal.

26/09/2013
Tomei a injeção de Ovidrel. Essa medicação faz com que o rompimento do folículo com hora marcada, vulgarmente falando. Em 36 horas tem que haver a captação.

28/09/2013
Captação folicular. Foi super tranquilo e em menos de 1 hora eu estava tomando café no quarto com o marido.
Avaliação médica: Foi muito boa! Conseguimos 10 óvulos e marcamos a transferência.
Comecei com a usar Ultrogestan 200mg 3x/dia e Primogyna 3x/dia (8 em 8 horas).

03/10/2013
Transferência: Foi complicada e demorada para acontecer. Já contei isso para vcs!!! Lembram?

O que se seguiu aqui foi mais uma série de furos... Que só depois que pesquisei pela web, a partir de relatos de FIV's positivas, é que me dei conta que não me comportei muito bem...

No dia da transferência, tive repouso quase absoluto. Chegamos em casa por volta do meio dia, almoçamos, marido foi trabalhar e eu dormi a tarde inteira. Ponto para mim!

04/10/2013
Dia da faxina.

2º furo: À medida que minha faxineira limpava a casa, eu mudava de lugar, não fiquei deitada e me movimentei bastante, apesar de ter feito movimento devagar e sem muito esforço. E eu ainda estava no 2D após transferência.
De acordo com a tabela abaixo (http://www.nyufertilitycenter.org/ivf/embryo_transfer), esse era um dia crucial e eu acredito que não deveria ter me movimentado tanto.


05/10/2013
D3 após FIV
3º furo: Cuidados com a alimentação... De acordo com alguns sites de clínicas especializadas, evitar o consumo de café e carboidratos durante o processo de FIV. Esqueci disso, tomei café e comi macarrão, pão e pizza.
4º furo: Fui ao shopping à tarde para almoçar!
Andei durante uns 40 minutos, comi rápido e fui pra casa. No final da tarde dei uma deitadinha e depois vida normal.

Do D4(06/10/2013) ao D11(13/10/2013) eu fiquei meio desconfiada e desanimada do resultado, como contei aqui.

14/10/2013
Eu menstruei. Não teve coágulo e nem cólica. A cor era vermelho vivo e o fluxo contínuo.
Mesmo assim, resolvi continuar com a medicação, até mesmo por orientação médica, até o dia do beta.

17/10/2013
Antes do trabalho, fomos ao laboratório de costume, coletei sangue e fomos trabalhar.
O resultado ficaria pronto após as 15:00. Combinamos de ver juntos e em casa o resultado.
Por incrível que pareça, não fiquei ansiosa e nem nervosa para vê-lo. Estava anestesiada.
Chegamos em casa e marido enrolou para ver o exame na internet... Eu insisti e confirmamos nossas suspeitas... Negativo.

Como disse anteriormente, estou pesquisando bastante sobre FIV de sucesso, e descobri muitas sugestões e dicas. Li muitos fóruns, blogs e sites especializados no assunto, embora não tenha comentado em nenhum deles. Foi bom, foi muito bom saber que posso melhorar e ajudar a natureza durante a caminhada.

Sobre os furos, pode ser que eles tenham pouca influência... Pode? Pode. Mas se eu puder evitar cometer esses vacilos, eu o farei! Vou me comportar. I promise!

Resolvi, também, que a tristeza não me dominaria mais uma vez. Mesmo tenho dificuldades em falar disso e não sentir vontade de chorar. Mas eu resolvi não me entregar. Não é do meu feitio fazer isso! Eu prefiro ser otimista e crer na próxima vitoriosa oportunidade!!!

Marido está bem pra baixo, desanimado. Ele que sempre foi positivo e confiante.
No momento, a minha prioridade é confortá-lo e mostrar-lhe outras perspectivas.

Ainda não me dei por vencida e espero o tempo que for!

Terei meus filhos! Certeza!!!

E vcs! Queridas! Muito amadas! Quanto carinho!

Bjo

10 comentários:

  1. Sinto muito por sua FIV não ter dado certo. Eu iniciei mês passado e tive que parar na fase dos medicamentos, não respondi bem. Amanhã inicio minha segunda tentativa, e vou seguir seus conselhos. Melhor prevenir. Bjos e não desista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa,
      Espero que esta segunda tentativa transcorra perfeitamente bem!
      Muita fé nessa caminhada!
      Bjos

      Excluir
  2. Respostas
    1. Jorge,

      Muito bom vc por aqui!
      Palavras que nos estimulam!
      Obrigada!
      Bj

      Excluir
  3. Querida, o que dizer pra você? Somente que você tenha força e que eu admiro DEMAIS essa sua força de vontade, é lindo de se ver e hoje especialmente estou me espelhando em você!
    Acabei de chegar de uma US que fui super maltratada pela médica, que não me respondeu nada, que me deixou cheia de dúvidas e pra completar me disse que a minha ovulação FALHOU, o que parecia um folículo lindo dominante ela disse ser um cisto :(
    É um desejo tão grande, que nessas horas a frustração é proporcional.
    Mas amanhã se Deus quiser estarei melhor.

    Grande beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bárbara,
      Há, infelizmente, tanta insensibilidade em alguns profissionais, não é mesmo?! Eu fico me perguntando por que?
      Mas ó... Fica na fé e tenha coragem porque essa luta é assim mesmo. A gente cai mas não deixa nem a poeira baixar... kkkk... Levanta e continua!

      Outra, quase morri aqui com sua mensagem... Eu fico mega feliz de poder ajudar e animar vcs!!!

      Bj forte

      Excluir
  4. Você vai ter seus filhos, com certeza! Tenha fé! Estamos torcendo por você sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ta,

      Valeu pela força e pela torcida!
      Bom vc por aqui!

      Bj***

      Excluir
  5. Minha linda entendo que é preciso buscar entender o que aconteceu até mesmo para que você tente encontrar um motivo para não ter dado certo desta vez e com isso como vc mesma disse, pode melhorar as chances da próxima vez, vc está certa, acho que foi bom ter avaliado cada etapa.
    Com certeza na próxima oportunidade vc vai estar bem mais preparada e atenta a tudo. Estou feliz que está superando esse momento de forma tranquila, nunca perca a sua fé, logo logo vai estar com seu baby nos braços.
    Bjokas

    http://elomaterno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Vc vai conseguir, Maria! Eu sei a tristeza que vc está sentindo, mas nunca perca a fé!

    Beijão

    ResponderExcluir