Pesquisar nas cartas

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Atravessando o Mar Vermelho

No dia 12/11/2013 fui consultar com a Endocrinologista da minha mãe. Isso eu já contei.
Também já falei que foi uma consulta ótima e animadora, principalmente, porque no retorno - com os exames prontos - pudemos conversar melhor a respeito das chances de gravidez natural.
 
Quase todas as taxas hormonais estão dentro da normalidade, a não ser um deles, o TSH (hormônio estimulante da tireóide). Nada demais, segunda a Dra. ME, no entanto, ele está em um nível abaixo do esperado para que a gravidez tenha mais chances de ocorrer. Por isso, me receitou um remédio, com a dosagem mínima, apenas para equilibrar essa parte.
 
Meu exame de curva glicêmica também apresentou uma pequena alteração, por causa disso estou evitando açúcar e seus derivados. Como eu não sou muito fã de doces, está sendo bem fácil viver com essa recomendação.
 
O tratamento com Acupuntura está maravilhoso, tanto é que marido também está fazendo! Legal, né?!
 
Sexta passada, depois de 39 dias do meu primeiro ciclo limpo, menstruei.
Fluxo intenso e rápido! Ligeiro como sempre foi!
De ontem pra hoje desceu aquela sujeirinha de despedida.
No ciclo com indutor, eu ficava com um fiapinho de sangue e borra quase 7 dias! Ninguém merece!
 
 
Estava esperando o novo ciclo para começar a medir a minha TB! Eba!!!
Só que resolvi pular esses dias de mar vermelho e começarei apenas quando tiver com a Mmariazinha em terra firme e limpa! Talvez amanhã!
 
Acho que esse será um ciclo de descobertas, ainda meio sem jeito, sem manha com a medição, com a observação do muco, dos sintomas mais sutis, do humor (ou a falta dele)...
Será um ciclo de autoconhecimento.
E creio que será muito produtivo!
 
Como meus ciclos variam entre 27 a 32 dias, minha acupunturista pediu que eu fizesse um teste de farmácia para que ela pudesse continuar as sessões sem prejuízo do tratamento. Caso eu tivesse grávida, alguns pontos seriam contraindicados.
 
Fiquei calma e fiz na quinta feira, antes da bendita chegar.
Não rufei os tambores, não fiz drama, não chorei, não comentei com o marido que faria o teste (nem antes e nem depois), não deixei o palitinho descansando na pia pra dá uma olhadinha depois do banho, não olhei com lupa...
Nada, nada dessa rotina estressante!
Óbvio que deu negativo né, gente?!
Joguei o palitinho mijado no lixo e fui trabalhar.
 
Mais tarde fui na sessão e a Dra. perguntou:
- Ela: Fez o teste?
- Eu: Fiz! Negativo! (Sorriso amarelo pra combinar)
- Ela: Então, bora trabalhar!
 
Sem melodrama como essa luta deve ser! Não percamos tempo!

3 comentários:

  1. Isso mesmo, flor! Boal pra frente que uma hora baby vem! :)

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Gostei de ver! Bola pra frente, se cuidando direitinho e aprendendo a conhecer seu corpo! Agora é só torcer e esperar o baby.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Tá coberta de razão!!! Nada de ficar se lamentando porque o bebê ainda não veio... cada novo ciclo é uma nova oportunidade de quem sabe de repente realizar o sonho da maternidade!!! Torcendo muito para que seja nesse ciclo!!! Bjos!!!

    ResponderExcluir