Pesquisar nas cartas

segunda-feira, 31 de março de 2014

Press Start

Já tem uns dias que sabemos como será o próximo ciclo de indução... Mas aconteceram tantas coisas do mundo prático que não tive tempo de escrever um post contando essa novidade!
 
Definimos a data da nossa 4ª Fertilização In Vitro para o meu próximo ciclo menstrual, que será em meados de abril, perto ou durante a Páscoa e na época de nossas férias.
 
Estamos na fase de pesquisa de preços para a medicação, já estamos com alguns orçamentos e essa semana decidiremos onde será a compra.

**Já tive alguns pedidos sobre o valor da FIV, da hospedagem em SP, da locomoção, alimentação... Gente, eu prometo que farei um post bem detalhado sobre os gastos, o que deu certo e o que não foi legal ter feito... Só peço mais um pouquinho de paciência porque estou com alguns imprevistos domésticos (estou sem faxineira e meu trabalho está exigindo um pouco mais de mim nesses tempos pré-Copa)...**
 
Essa parte da compra de medicação é sempre uma novela, pelo menos pra mim... Aqui em Brasília tem poucas farmácias especializadas e nem sempre conseguimos o fornecimento de todos os remédios no mesmo lugar... Isso gera um transtorno danado! Na falta de algum deles será necessário recorrer a compras pela internet... Dá um medinho por causa da refrigeração, do prazo de entrega... Por isso a cautela e o esmero em providenciar  que as medicações já estejam na minha geladeira antes de começar o ciclo.
 
Faremos o protocolo curto e usarei Puregon, Menopur, Cetrotide e Choriomon.
Mais Puregon do que Menopur... O que me deu um certo alívio! O Puregon é muito parecido com o Gonal (já usei tb), que é uma espécie de caneta onde a medicação já vem preparada. Diferente do Menopur, que precisa ser misturado com uma seringa. Tive uma aflição gigante para manusear, pavor de quebrar...
 
Na hora da aplicação, é muito importante ficar atenta ao modo de fazer a mistura, não deixar ar entre as gotas do remédio e agulha (para não doer na hora de injetar) e posicionar a agulha a 90º da pele.
 
Tipo isso:
 
Junto com as medicações sempre vem um envelopinho com um lencinho umedecido em álcool, serve para limpar a área onde será aplicada a injeção ou caneta. Ah! E lavar as mãozinhas é sempre muito recomendado antes de tudo... rs
 

quinta-feira, 20 de março de 2014

Mente sã

Menstruei na segunda!

Desculpa gente... Eu sei... Qualquer tentante que se preze, detesta esta frase! Mas, convenhamos...
É a naturalidade que estou tentando impor para esse período, que é de descanso do corpo e da mente.
 
Como habitual, ela veio mais cedo, tive um ciclo bem pitico de 23 dias por causa da indução.
Mandei e-mail para a Fernanda (IPGO) e tudo certo... Já era esperado um ciclo curto.
 
Continuo tomando as vitaminas e cuidando do ninho...
 
"Depois da tempestade, sempre vem a bonança". Ô frase certa, viu?!
 
Eu estou bem, lembro da agonia da semana passada como um filme antigo. O objetivo é tirar a energia do negativo e transportar para o positivo. Para o novo, para a próxima vez, para o tratamento que virá...
 
Quero chegar leve, feliz, Phyna, Magra, Dyva...Posso?
 
Eu adoro quinta-feira!
É dia de expectativa da sexta-feira;
É um dia da semana que normalmente não temos compromisso;
É dia de Acupuntura; Oi Dra. Érika! ^_^
 
E hoje amanheceu um sol lindo, depois caiu o maior pé d'água, agora tá sol de novo!!!
 
Brasília é assim mesmo! Sempre surpreendendo...
 
Não tenho toda essa intensidade mas as últimas duas semanas me deram essa frase...
 
 

sexta-feira, 14 de março de 2014

Desinformação você ver por lá!

Há uns dias a Rede Globo estava cheia de anúncios da próxima (atual) novela das 21:00h.
Fiquei interessada pela história da personagem Juliana, que sofre por não conseguir engravidar...
Tentante que é tentante "liga o radar" toda vez que ouve a palavra gravidez! rs
 
No entanto, tamanha foi minha decepção quando vi as cenas da personagem acima e fiquei chocada com o tratamento dado ao tema... Totalmente superficial e grotesco!
Sei da licença poética (no caso, a televisiva) que a dramaturgia pode dar ao enredo de qualquer cenário, mas achei um total desserviço conosco, que tanto sofremos com a luta para gerar.
 
Tratar a histeria (doença psiquiátrica seríssima) com tanta leviandade e inconsistência me causou profundo espanto. Pois, a relação ficou invertida!
 
Sim! Eu entendi que o autor quis dizer que a moça está doente e a frustração da gravidez foi o estopim para desencadear os sintomas da doença... Mas a maioria das pessoas não entende dessa forma... E à primeira vista, talvez intencionalmente, fica parecendo que a mulher que quer engravidar e não consegue é que, inevitavelmente, fica histérica! E pode ser uma criminosa em potencial.
 
Posso estar exagerando e falando besteira! Mas sinto muito pelo conteúdo e tratamento dado a uma questão que atinge tantas e tantas mulheres no seu mais profundo desejo...
 
Somos tão discriminadas pela dificuldade de procriar, no âmbito social e até mesmo familiar que fazer disso um enredo com esse tom, só me trás a vontade uma coisa: desligar a TV!

quarta-feira, 12 de março de 2014

3ª FIV - Parte III - Sem congelamento

Ontem foi um dia triste.
 
Estou assimilando o que aconteceu.
 
Nenhum dos embriões se desenvolveu e o ciclo foi cancelado.
 
Na manhã de ontem, acordei sem vontade de sair da cama, fiz tudo devagar, no intuito de que alguém do trabalho me ligasse e dissesse: Fique em casa, descanse por hoje!
 
Claro que isso não aconteceu e eu, muito vaidosa - admito, nem passei protetor solar para sair de casa... Era o desânimo se apoderando de mim.
 
Passei o dia arrastada, esperando o telefonema do IPGO...
Tive que ligar de tanta ansiedade, mas liguei em um momento inoportuno (Dr. estava atendendo uma paciente) e o Dr. Arnaldo me ligou já era umas 20:00h.
 
Conversamos muito, ele muito paciente e solidário (e frustrado segundo suas palavras) tentou me acalmar e me animar também. Mas não chegou, ainda, a nenhuma hipótese plausível para o que aconteceu. Toda a equipe estava surpresa, todos com quem conversei falaram isso também.
O meu ciclo prometia muito! Mas saiu tudo ao contrário e tivemos um triste desfecho. Terminamos a conversa com a estratégia de pular um ciclo, e se tudo tiver ok, começar tudo no final de abril. Oremos!
 
Por volta de umas 3:00h (sim, eu tive insônia) acordei e demorei mais de 1 hora pra pegar no sono novamente. Fiquei até com medo de dar dor de cabeça de tanta coisa que eu pensei e viajei... Chegou uma hora que tive que falar pra mim mesma que ficar acordada pensando besteira and chorando não ía adiantar p... nenhuma. Adormeci...
 
Hoje, eu acordei melhor...
E resolvi que virar uma baranga também não iria me fazer engravidar... Muito pelo contrário, né gente! Tomei aquele banho, fiz escova no cabelo, coloquei meu salto... Mas não maquiei porque não deu tempo...
E vim trabalhar, ainda sem vontade, mas né... de vez em quando, é bom fazer bonito no trabalho...
 
Quando abri o computador, lembrei que hoje é dia 12! Meu Deus! Tem muitos meses que venho rezando para Nossa Senhora de Guadalupe me proteger e auxiliar na minha graça... Sempre participo das missas, no entanto resolvi que nesse mês eu vou me resguardar da cerimônia porque me emociono muito e preciso respirar... Só por hoje!
 
Já fui muitas vezes em missas Dela em que eu estava só o bagaço, em muitas dessas ocasiões, eu havia acabado de receber resultado negativo de beta, ou iniciado um ciclo... Mas hoje eu quero rezar e conversar com Ela na minha casa... Mais à vontade, sem intervenções...
 
Até penso que Deus preparou essa notícia pra ontem sabendo que eu seria amparado hoje pela Minha Mãezinha do Céu! Ele sabe muito das coisas... Eu acredito muito nisso!
 
Outra coisa que eu queria falar era de vocês!
Foram tantas mensagens lindas que recebi aqui e no IG... Eu chorei muito com cada uma que dedicou um tempinho em me abraçar virtualmente. Valeu demais!
 
Avante!
 

sexta-feira, 7 de março de 2014

3ª FIV - Parte II - Captação folicular

Queria ter postado antes... Logo depois da captação, mas obviamente fiquei muito sonolenta e resolvi apenas descansar...

Aviso aos navegantes: esse é um post mimimi e não muito animado... Fiquem à vontade pra ler só até aqui.

Chegamos na Huntington (o IPGO usa o Centro Cirúrgico deles - top top top) por volta das 7:30, pontualmente.
A punção estava marcada para as 8:00h e a meia hora de antecedência na chegada é muito importante para resolver os trâmites burocráticos.

Logo, subimos para eu trocar de roupa e começar o procedimento. 
A anestesista veio conversar, perguntar sobre alergias, doenças e todo aquele protocolo conhecido. A achei bem tranquila e simpática.

8 e pouquinho eu já estava lá no CC, naquela posição bem legal de frango assado (sqn) e tomando o remedinho do baratinho para não ver e sentir nada.
Fiquei admirada! Foi rápido e indolor! Gostei demais de ter feito o procedimento por lá!
Ah! Sim! Esqueci de dizer ontem que ao invés de ter feito a punção com o Dr. Arnaldo, fiz com a Dra. Amanda, porque ele não estava em SP desde quarta. Mas foi muito bom também! Ela me deixou super a vontade! Calminha, calminha...

Cheguei ao quarto primeiro que o marido, pois ele ainda estava lá retirando os peixinhos...rs

Uns 5 minutos depois ele chegou (eu acho, ainda tava meio chapada e não sei quanto tempo de verdade se passou, mas creio que foi rápido) e depois entrou a Dra. Amanda para explicar como tinha sido...

Aqui vem a surpresa não muito legal e motivo pelo qual eu passei a tarde chorando, e muito...

Dos 12 folículos visualizados em TODOS os ultrassons, apenas 4 continham células... Os outros, provavelmente eram cistos funcionais e foram retirados sem grandes problemas pois eram do mesmo tamanho dos verdadeiros folículos.

Viemos para o hotel, o efeito do sedativo foi passando e fui dando aquela desesperada básica!
Chorei copiosamente, até ter dor de cabeça e dormir de novo!

Estou aqui, morrendo de medo de que eles não consigam ser fertilizados... E eu ter que passar por tudo de novo... Do zero...

Tô frustrada e muito ansiosa... Amanhã, a Embriologista vai me ligar para dizer quais fertilizaram e quais estão se desenvolvendo dentro da normalidade.

Havíamos programado uma ida ao sushi bem gracinha aqui perto do flat, mas não consegui sair, ainda mais com o temporal que caiu por aqui...

Rezei meu terço para dormir mais leve!

Sem mais.

quarta-feira, 5 de março de 2014

3ª FIV - Parte I - Resumo da fase de indução

Quando fiz o último post, eu já tinha começado a tomar as injeções de indução, certo?!
Pois agora, eu já estou com a captação folicular marcada... Vocês me perdoam pelo sumiço?

Naquela quarta-feira eu contei a historinha do primeiro ultrassom, que tinha sido legal e tudo mais...
Essa parte vocês já sabem.

Resolvi marcar o segundo ovulograma na Clínica que a Janaína me indicou!
Fizemos este e o terceiro lá também.
Foi muito bom! Obrigada minha linda! Marido e eu adoramos o Dr. Japa! 
Pena não ter te conhecido pessoalmente, mas me apresentei como sua indicada...rs

Essa ultra de sexta (ultra n.2) era essencial para prevermos o dia aproximado da captação. Tudo dentro dos previsto, compramos as passagens e reservamos o flat. Já já, falo dele.

Eu tinha dito, no post anterior, que as injeções estavam doendo. Acredita que depois de saber que estava tudo bem, não senti mais nada além do normal em picadinhas na barriga?!!! Acho que era só o meu emocional falando mais alto... O nervosismo faz dessas comigo... Ele (o nervosismo, ansiedade, medo...) também me fez esquecer de explicar a vocês como seria o tratamento. 

Na nossa primeira consulta, lá no mês de janeiro, já havíamos combinado com o Dr. Arnaldo que faríamos o tratamento em duas fases bem distintas, com relação ao intervalo de tempo entre elas. Decidimos que o melhor, para o nosso caso, era transferir os embriões em ciclo posterior à captação. Montamos nossa logística de acordo com isso e vamos marcar a transferência para depois! Mas será um intervalo breve. Talvez 1 ou 2 ciclos. 

Outra coisa que fizemos de diferente nessa 3.ª FIV foi o direcionamento das nossas atenções.
A dedicação foi total, gente! Sério! Ficamos muito focados e atentos aos horários. Paramos de sair à noite (que era o horário das aplicações) e quando era necessário sair, sempre era depois de tomar as medicações. Das outras vezes, eu dei umas vaciladas nos horário... 

Isso foi muito bem para aumentar a nossa segurança... Deixou a gente mais leve porque sabíamos que estava tudo sob controle, não atropelamos nenhum horário... E a hora das picadinhas era sempre respeitada.

Passamos o Carnaval quietinhos em casa, e na terça pela manhã viemos pra cá.
Antes disso, no segunda a tarde, o Dr. Arnaldo me ligou pra falar sobre o 2.º ultrassom e nos tranquilizou dizendo que estava tudo evoluindo muito bem e para confirmar que nessa fase não teria transferência em ciclo fresco. Que a TEC seria combinada depois da punção.

Estamos em um apart hotel no Campo Belo, bem legalzinho. Quem me acompanha pelo IG, já viu o quarto:


Não fiz vídeo... Sorry!!! 
É que a nossa atenção realmente mudou...

Sobre o hotel:
- ficou mais barato que o anterior, uns R$400,00, apesar de ficarmos 2 dias a mais.
- é maior e o quarto é separado da sala e cozinha.
- o café da manhã também é melhor e tem mais opções de alimentos saudáveis.

Chegamos por volta de 11:30h da manhã e foi o tempo de deixar as malas no hotel e procurar um lugar para almoçar... Fomos ao shopping sensação >>> Shopping Cidade Jardim. Ficou aquém das minhas expectativas, pra falar a verdade... Valeu a visita pela decoração e pelos restaurantes que são muito bons mesmo. 


Hoje fizemos o 4.ª e último ultrassom e está tudo dentro do esperado. Marcamos a captação para sexta-feira, 7 de março.



Acabei de tomar o remédio para que tira a capinha protetora dos folículos (explicação criada por mim porque a técnica é... muito técnica...rs)... Basicamente, daqui a 36 horas as casinhas dos meus filhos serão retiradas de mim e guardadas junto com os peixinhos do papai, quando finalmente serão carne da nossa carne. Depois é preparar a casona (útero) para abrigá-los por nove meses!!! 

Deus nos ajude!