Pesquisar nas cartas

quinta-feira, 29 de maio de 2014

A ansiedade e eu

Passei por mal bocados esses dias...

Não, não está acontecendo nada de ruim... Tudo em ordem.

Então, estaria eu louca?

Não... Definitivamente não...

Passei mal no trabalho, chorei e fui parar no serviço médico!
Mediram minha pressão, aferiram batimentos cardíacos... Tudo dentro da normalidade.
Mas a sensação que eu tava era que o meu coração sairia bela boca a qualquer momento, suava frio e tremia muito.
Mandei mensagem para a minha Acupunturista que generosamente me atendeu às 22:00h (último horário disponível) em seu consultório, numa segunda-feira meio conturbada...

Diagnóstico: Foi a ansiedade que me pegou de jeito...

Pela primeira vez, nesses dois anos de luta, precisei recorrer a ajuda psicológica, o que tem me ajudado muito também! A terapia está organizando meus pensamentos.
Principalmente porque quem faz tratamentos para engravidar tem uma necessidade absurda de falar nisso até esgotar o assunto. Tenho a impressão de que quanto mais a gente fala, mais alívio trazemos para o nosso coração.

A nossa batalha para conceber e gerar é tão grande, mas tão grande, que por um momento perdemos a sua dimensão de vista. Subestimamos nossas fraquezas na luta pelo filho.

Aos poucos estou voltando ao meu ponto de equilíbrio. Espero chegar na transferência com a mente sã, a saúde tinindo e o coração tranquilo.

terça-feira, 13 de maio de 2014

O bom começo da 4ª FIV

Antes de tudo, quero agradecer a uma amiga muito especial que se deu ao trabalho de fazer uma lista, e me enviar um e-mail todo detalhado,  com tudo que eu poderia fazer para turbinar a minha ovulação. Sendo que ela mesma, gravidíssima de um meninão, havia feito.
 
Obrigada Carol!!!
 
Eu fiquei muito frustrada com a indução (3º FIV).
Todas vocês sabem que as expectativas eram imensas e para nós, o sucesso era certo.
 
Depois de me derreter em lágrimas por uns dois dias, me levantei lá do chão no qual eu estava caída, eu fui à luta! A única pessoa capaz de me tirar dali era eu... Juntei os cacos e parei para pensar...
Os meus folículos eram de má qualidade? Sim, eram.
Há uma maneira de proporcionar ao meu corpo, que é a fábrica na qual eles serão produzidos, maior qualidade efetivamente? Não sei...
 
Foi aí que eu lembrei das conversas que eu já havia tido com a Carol... Além de muito agradáveis, eram muito proveitosas...Eu sempre aprendia alguma coisa.
 
Imediatamente, lavei o rosto, liguei o computador e mandei um e-mail para Carol, perguntando quais eram mesmo aqueles alimentos e vitaminas que tanto haviam lhe ajudado.
 
Enquanto eu aguardava a resposta, fui pesquisar no site do IPGO, que sempre foi uma fonte de muitas consultas, mesmo antes de fazer o tratamento lá. Encontrei um artigo bem interessante. Era o que faltava para a minha certeza de que podemos sim, oferecer ao nosso organismo equilíbrio energético para um ciclo, no mínimo melhorado.
 
O que me preocupava era que eu sabia que os melhores resultados viriam após o mínimo de uns três meses da ingestão continuada desses nutrientes. Mesmo assim, não desanimei. Do primeiro dia que tomei até o dia que parei, uma semana antes da aspiração folicular, foram 55 dias. Quero acrescentar que parei apenas com a vitamina manipulada. As demais, tomei e tomo até hoje. Não pretendo parar.
 
Tão logo recebi a listinha da Carol, comprei as vitaminas e solicitei uma específica na farmácia de manipulação (citarei a seguir).
O lado ruim é que são produtos mais caros, mas o investimento foi excelente, como vocês leram no post anterior.

Outra coisa que eu quero explicar é que sou contra a automedicação. Não quero que este post sirva para outros meios, a não ser relatar a minha experiência com métodos naturais de ajuda na indução da minha ovulação. Meu médico sempre soube da minha ingestão dessas vitaminas e apoiava o seu uso.

Tenha sempre o amparo do seu médico de confiança nas suas escolhas, ok?!
Juntos vocês chegarão a um consenso.
 
 
O que eu tomei
 
Manhã:
 
  • Ácido Fólico
  • Vitamina C
  • Vitamina D
  • Vitamina E
  • Maca Peruana
  • Zinco
  • Geléia Real in natura - 1 colherzinha
  • Farinha de linhaça, Chia, Farelo de Aveia, 10 sementinhas de Goji Berry e Mel - 1 colherzinha de açúcar de cada, misturada com a frutinha do dia (o mel era só pra vida ficar doce mesmo...hihihihi... se você não quiser, não precisa)
  • Coenzima Q-10 - 1 caps*
 
* Essa última vitamina foi importantíssima, tenho certeza absoluta! A única feita em farmácia de manipulação.

Noite:

  • Óleo de prímula
  • Ômega 3
  • Vitamina do Complexo B, principalmente B12

Durante esses dias, fiz a dieta de zero lactose, diminuí substancialmente o carboidrato (não quis tirar tudo), tomava muito suco verde, todos os dias minha sobremesa de almoço era abacaxi e consumia 2 castanhas do Pará e quatro castanhas de caju. Cada alimento desse era o meu lanche, nos intervalos das principais refeições.

Isso tirou 3 kg do meu manequim em 55 dias, os quais voltaram para os seus devidos lugares com os hormônios da fase de indução. Paciência... rs.

E a providência mais importante de todas... Não perdi a fé!

segunda-feira, 12 de maio de 2014

4ª FIV - Resumo

Quem me acompanha do Instagram já sabe das novidades.
Temos Ice Babies!!! :D
 
Resolvi ficar quietinha e não contar nada por aqui porque eu queria fazer diferente, dessa vez. Na 3ª FIV, eu relatei tudo, à medida que as coisas aconteciam. Nessa, eu me dei o direito de calar, e apenas rezar! Mesmo morrendo de vontade de compartilhar com vocês tudo que eu estava passando.
 
Então, vamos começar do princípio?
 
Depois da grande frustração da 3ª FIV e seu ciclo cancelado, foquei no sucesso e intensifiquei as orações.
 
Marcamos as férias para logo depois da Páscoa porque minha menstruação desceria por volta da Sexta-feira Santa. Seria o prazo certinho de todo o período de tratamento da 1ª fase da 4ªFIV.
 
Ela (vermelhuda) veio?
Não... e foi dar as caras no 41º DC (meus ciclos duram de 28 a 31 dias), quase no final das férias, depois de comer muita pimenta, praticar algumas atividades físicas, muitas sessões de acupuntura e muita, muita, muita ingestão de água!
 
No 3ºDC, em casa esperando a avaliação do IPGO sobre o 1º ultrassom, eis que o Dr. Arnaldo me liga, um pouco desanimado, falando que meu endométrio está espesso para começarmos a indução. Espera mais dois dias, faz outro ultrassom e daí a gente vê se vocês podem começar o tratamento neste ciclo.
 
Já falei aqui que tudo que diz respeito ao meu tratamento é com emoção, né?! Pronto!
 
Mais um dia de angústia, 2º ultrassom ... Ainda espesso! Mais uma chance!
 
3º ultrassom no 5º DC, exame de progesterona e estradiol... Agora sim!
Vamos para as picadinhas? Vamos nessa!
 
Mudamos a medicação para Puregon e Menopur. Foi uma boa estratégia!
O plano era tomar 9 dias de medicação, no 5º dia de medicação e 4ºultrassom fomos chamados para SP. Os folículos estavam crescendo um pouquinho mais rápido e o Dr. queria acompanhar de perto essa evolução final.
 
Chegamos em SP na segunda-feira (dia em que eu deveria voltar das férias) passada e fomos direto para a Clínica.
A priori, a aspiração dos óvulos seria na quarta. No entanto, o Dr. achou que eu devia tomar mais uma injeção de Menopur e fazer a coleta na quinta. E assim fizemos!
 
Sábia escolha!
 
Foram coletados 9 folículos maduros, desses 8 fertilizados!!!
 
Posso dizer que chorei muito! Mas de felicidade!
Pra quem me acompanha sabe que essa foi uma grande vitória nossa! Há menos de 2 meses, eu amargava um ciclo cancelado por falta de folículos minimamente aptos a fertilização.
 
Foi apenas uma batalha vencida, a guerra ainda não terminou. Mas agora, conseguimos ver luz no final do túnel! E ela brilha muito!
 
Este foi um grande resumo da 4ª FIV.
No próximo post, farei o relato detalhado do que me ajudou (e muito) a melhorar esses folículos e ter essa alegria!
 
Obrigada pela força e todo carinho de vocês para que eu continuasse lutando! Foi essencial!