Pesquisar nas cartas

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Sem edição

Vamos começar o mês nos visitando?

Primeiro: Oi pessoal!

Falta assunto pra vir aqui, sabe?!
Ainda estou naquela ladainha de um horizonte de possibilidades, mas nada definido. As vezes, até sinto que é tanta coisa que penso e acabo não decidindo coisa alguma!

Não estou na melhor das fases... 
Por isso o sumiço daqui, dos blogs amigos, do insta...
Eu tento, a todo custo me guiar pela força da fé e crença que meu milagre virá. Sim, ele virá!

Voltei a estaca zero!
Não tenho nada...
Não tenho ice babies, não estou começando novo tratamento, não estou com consulta marcada... nada...

Outro dia, fui visitar o e-family, num tópico muito especial, que participei ativamente na última tentativa.
Lá, a gente sempre se atualiza das fases das outras fivetes por uma listinha carinhosamente cuidada pela gestora do tópico, a Priho.
É tanta dedicação, que ela separa por: gravidinhas, espera do beta, indução, tec e por aí vai.
A priho coloca o nick name da participante e qual a fase do seu tratamento...
No meu está escrito: Reunindo forças!

Achei bem delicado... e ao mesmo tempo triste!

A priho acertou na fase...
É exatamente assim que me sinto! Juntando os cacos.

Essa última tentativa me tirou o chão. Apostamos nas alturas! Era a chance mais real, mais palpável, mais confiante, mais tudo que tínhamos... E não deu certo!

Ontem, eu chorei muito! Era cansaço, era medo, era frustração... Tudo junto!

As férias foram muito, muito importantes para mim e maridone, principalmente porque pudemos, enfim, conversar muito (sem ser interrompidos), e sobre tanta coisa que estávamos sentindo. Vi o sofrimento dele, que é tão grande também, mas eu estava tão submersa na minha própria dor que não conseguia ver que ele estava com o coração dilacerado assim como o meu.
Ele, que sempre esteve firme e forte, segurando a onda de toda a situação, enfim despencou e se permitiu extravasar toda a sua dor e cansaço.

Eu tenho sentido, além de tudo isso que relatei, uma preocupação muito grande com a minha própria confiança. O meu cansaço dessa luta, tirou um pouco da minha força de lutar... Não queria escrever isso, mas é verdade, acho já falei disso aqui.

Antes, quando eu comentava com as poucas pessoas que sabem, sobre os percalços e a fases do tratamento, elas me olhavam com cara de dó... E até pessoas que nos querem muito bem, nos perguntavam por que ainda tentávamos... Para essas pessoas, mesmo que elas não dissessem, a incredulidade da gravidez acontecer estava estampada na cara... Mesmo assim, eu me mantinha forte, confiante, crente que daria certo sim...
Esses dias, conversando sobre isso com essas mesmas pessoas, eu me vi incrédula tb!

Foi aí que eu senti medo! Muito medo mesmo!
A confiança e a fé que temos é a arma mais poderosa para qualquer luta na nossa vida. 
Eu estou desarmada! Estou sem forças e sem proteção...

Neste momento, estou em busca da minha esperança mais profunda. Aquela que todo mundo tem! Mesmo os mais céticos.

Eu perdi algumas coisas por este longo caminho, perdi fé, perdi tempo, perdi vivência... Mas ainda tenho um grande trunfo...

O sonho ainda está aqui!

E é por ele que meu coração bate.

Estamos juntos, nos reerguendo!
É difícil, mas o nosso Senhor é o Deus do impossível!

11 comentários:

  1. Reúna suas forças! E não perca sua fé! Estamos com você! Deus vai te abençoar!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. ma colega de trabalho assim que recebi o segundo negativo, ainda da minha primeira FIV. Me sugeriu a leitura de uma entrevista de Ana Paula Padrão na qual ela falava abertamente dos motivos que lhe fizeram desistir de continuar realizando FIVs. Embora ela não tenha falado abertamente, em seu íntimo ela acreditava que eu deveria fazer o mesmo. Que era um perda de tempo continuar insistindo em engravidar. Se tivesse deixado me influenciar pela a intensão por trás da leitura sugerida eu hoje não estaria gestando o meu bebê... eu sei que é difícil e entendo perfeitamente pelo que vc está passando. É perfeitamente compreensível que nesse momento vc esteja se sentindo assim... mas, reúna todas as suas forças, peça para o Senhor renovar a sua fé e volte a luta! Deus já determinou a tua vitória e vc ainda vai embalar o filho dos teus sonhos!!! Bjão!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito difícil mesmo não vacilar na fé depois de tantos passos frustrados... Sinto que ainda tenho muito a aprender com tudo isso. Talvez por isso minha hora não tenha chegado. Deus está esperando mais de mim...
      Vamos lá, aos poucos, a passos lentos, e rezando muito a gente chega lá!
      Obrigada pelo carinho Ly! Grande beijo pra vcs!

      Excluir
  4. Olá querida ontem fiz um comentário enorme por duas vezes e não sei por que ele não aparece... que pena... mas não podia deixar de desta vez comentar, já que estou sempre por aqui, mas visitando no celular só dá mesmo para ler...
    NUNCA desista do seu sonho de ser mãe, é natural desanimar e até balançar na fé, mas como vc mesma disse enquanto acreditar que existe um Deus capaz de realizar o impossível creia! Ele não nos decepciona nunca, só temos que aprender a esperar pelo momento certo que já está reservado e guardado por ele, nossa hora vai chegar!
    Bjokas

    http://elomaterno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai De!
      Lindas palavras!
      Não vou desistir, eu sei que vcs estão segurando na minha mão... Esses momentos são frequentes e esperados depois de um negativo... Mas o sonho está aqui!
      Obrigada por tudo!

      Bjos

      Excluir
  5. Mmaria, sei que qualquer coisa que dissermos aqui não vai diminuir sua dor, mas nos aqui sabemos o que você sente, umas sabem mais outras menos, mas sabemos.
    Reúna forças de onde não existe mais, mas não desista do seu sonho, Deus determinou para cada uma de nos o dia certo para realizar nosso sonho de ser mãe.
    Força querida, estamos aqui sempre.
    Bjus
    http://seraquevousermae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem toda razão Mima!
      Deus sabe o dia certo pra cada uma de nós!
      Sabe o meu, sabe o seu!
      Seremos vitoriosas nessa árdua batalha!

      Grande bjoooo

      Excluir
  6. Mmaria, compreendo perfeitamente o que sente....somos humanas e cheias de emoção. ...mas não creio que tudo que fez foi perda de tempo e vivência. ..pelo contrário, verá que tudo isso está contribuindo para ser cada vez mais forte!!!! Não sabemos os desígnios de Deus, mas sabemos que Ele é bom e tem prazer em atender o desejo do nosso coração! !!! Então, ainda que esteja no momento se sentindo sem forças, não desista do seu sonho!!!! Na hora certa o Senhor a surpreenderá! !!! Retorne aos tratamentos, avalie novas possibilidades e o que depender do sobrenatural de Deus, deixe a Seu cargo! !!! Beijo no coração e fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,
      É difícil pra kct!
      Mas a todo momento eu lembro das palavras que vcs deixam aqui e isso me traz uma paz e uma força sem tamanho!
      Obrigada pelas lindas palavras!
      Estou, neste momento revendo tudo e avaliando as minhas necessidades!
      Grande bjo

      Excluir