Pesquisar nas cartas

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Vacinas do papai

Há poucos dias decidimos (eu e marido) retornar o tratamento o quanto antes...
Esse novo caminho me fez sair na inércia, marcar alguns exames que já haviam expirado (as clínicas de fertilização in vitro pedem atualização de exames de 6 em 6 meses durante o tratamento), estudar mais uma vez sobre o exame que o Dr. Arnaldo nos mostrou (nesse caso, não foi uma indicação médica, ele nos facultou a possibilidade de fazê-lo ou não)...
Chegamos à conclusão, que por ora, não faremos o exame ERA.

Em minhas sessões semanais de acupuntura, converso muito com minha acupunturista sobre os outros casos de fiv's positivas do consultório dela, e se ainda tem alguma coisa que eu não tenha tentado e pode ser uma ajuda pra mim também.
Eu já tinha ouvido falar da Imunoterapia de Linfócitos Paternos. Já até comentei aqui, em algum post do mês passado... Que eu não lembro qual...
Mas nunca tinha procurado saber do que se tratava a fundo, até que ela (acupunturista) me contou de boas experiências com outras pacientes e eu resolvi procurar uma Clínica aqui em Brasília, que é referenciada pelo Dr. Ricardo Barini, um dos maiores especialista do país nesse tipo de tratamento.

Descobri que é um procedimento polêmico, e alguns profissionais brasileiros não acreditam na sua eficácia. Apesar disso, vimos uma possibilidade de acerto ao escolher esta alternativa.

Nos foia dada a opção da consulta pessoal ou via Scype. E para agilizar o processo, já que eu estava com um histórico considerável de negativos por FIV (3 negativos, fora a IA), primeiro faramos os exames solicitados pela Clínica e depois marcaríamos a consulta, que no nosso caso, seria via scype (o valor é o mesmo que a consulta em Campinas).

O primeiro exame que fizemos foi o Cross Match. Exame simples, foi uma coleta de sangue como outra qualquer, a diferença é que o fizemos na Clínica e não no laboratório. O material é processado em Campinas, mas o resultado é rápido, dois dias úteis. Ontem a enfermeira responsável pelos exames aqui em Brasília me ligou e deu o veredicto: mais um negativo para a minha coleção...
Só para resumir bem por alto, o resultado esperado neste exame é sempre positivo. Significa que meu corpo reconhece o material genético do meu marido (contido no embrião) e não age para expulsá-lo. Para mulheres que nunca engravidaram, é normal e esperado que esse exame seja negativo, no caso de fiv é mais complicado porque já existiu um embrião no útero, mesmo que não tenha ocorrido nidação, daí a utilização desse tratamento para casos de fiv's negativas tb.

Hoje, vou passar lá na Clínica referenciada para pegar as demais solicitações de exames. Eu marido teremos que fazer um monte deles e enviar para Campinas, só aí o pessoal de lá marcará nossa consulta. Já falei isso, né?!

A primeira etapa da Imunoterapia consiste em 3 doses de vacinas, 1 a cada 3 semanas. Depois repete-se o Cross Match para verificar se positivou. Caso não tenha positivado, há a necessidade mais dosagens até que ocorra o resultado esperado. O efeito das vacinas dura em torno de 3 meses, depois faz-se doses de reforço, inclusive após a confirmação de gravidez. Só poderei recomeçar o tratamento de fiv após a Imunoterapia. E como ainda não comecei a tomar essas benditas, não sei quando farei a FIV. Vamos contar aí 9 semanas de vacinas, fora se tiver que tomar reforço, mais esperar um ciclo inteiro de indução mais um ou dois para TEC...

Estou assim, por um lado feliz de visualizar um novo caminho para uma nova tentativa, mas por outro, meio preocupada pela questão do tempo. O tempo é inimigo de quem quer engravidar, principalmente das balzacas... que já são balzacas há um tempinho. Tipo eu!

12 comentários:

  1. Isso aí Maria!!!!! O importante é buscar novas possibilidades!!!! Que o Senhor abençoe seu tratamento! !!! Beijo no coração e fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anaaaa,

      Diga aí?
      Como vão as coisas contigo?
      Obrigada por vir aqui e deixar uma mensagem de apoio e bençãos de Deus!
      Bjo no coração

      Excluir
  2. fico aqui na torcida... eu passei pelas 3 doses... fiz o cross match e ainda tinha dado negativo... esses dias atrás fiz a 4ª dose e a Fernanda da clinica falou que eu não precisaria repetir o cross match...Hoje fui fazer a imunoglobulina...
    e agora é torcer pro dia da transferência...
    http://eu-quero-ser-mae-de-novo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou torcendo muito pra que seja tudo perfeito pra vcs Janete!
      E será, pela graça de Deus!
      Bjos

      Excluir
  3. Acompanho seu blog mas nunca comentei Maria, mas fico feliz em saber que você será tratada com Dr. Barini! Depois de rodar por muitos médicos e muitas decepções,e todo mundo sempre me mandar ir direto no Barini, marquei e vou na próxima semana pela primeira vez em consulta com ele. Só leio coisas boas dele e historias com finais felizes. Espero em Deus que tanto a sua quanto a minha, também tenha um final feliz agora! Beijos e boa sorte!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzana,
      Espero que vc goste do médico e que seu milagre chegue em breve!
      Boa sorte pra vc tb!
      Bjos

      Excluir
  4. Maria feliz que vc esteja mais motivada a recomeçar o tratamento... continuo somando em oração por vc e sei que ainda irei comemorar o teu POSITIVO e o nascimento do teu bebê!!!! Bjos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu desejo cada palavra dessa pra vc tb Lyana!!!
      Eu tenho colocado vc em minhas orações e sei que Deus está agindo pra te levantar!
      Obrigada pelo carinho e pela visita!
      Bjão

      Excluir
  5. Mmaria, estamos torcendo por você! Fica calma, e vá tentando todas as frentes possíveis. Olha, sobre a sua idade, te digo uma coisa: aqui na Gringolândia todas as minhas amigas com filhos foram mães com mais de 35 anos. Eu tenho 31 e sou a mais novinha de todas a ter bebê entre o nosso círculo de amigos.
    Beijos, Rita :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita,
      Sempre com uma mensagem de apoio e estímulo!
      Vc é dez mesmo!
      Eu me preocupo nem é tanto com a idade mas com a minha reserva ovariana que não é das melhoras... Estou com 33 anos... então, eu espero que o tempo não seja meu carrasco!
      Bjo bjo bjo

      Excluir
  6. MMaria, que alegria saber que os primeiros passos já estão sendo dados... sei que ainda tem esse período das vacinas e vc terá que testar bastante a sua paciência, mas vai passar bem rapidinho, e melhor, vai dar certo!

    Assim como vc tbém bati o carro semana passada ;/ Me senti muito mal por isso, prejuízo de 400,00, mas tbém passou, podia ter sido pior.

    Eu penso nesse assunto o dia todo, leio sobre qdo posso, mas conversar converso com pouquíssimas pessoas, já que muito pouco sabem da luta, aí o jeito de desabafar é aqui no blog mesmo, e num grupo no watsapp que criamos pra contar os passos da luta e no fim uma dá força pra outra, queria ter mais pessoas pra conversar, mas não dá, vamos manter em sigilo o máximo que der.

    Quanto ao tempo, é verdade, nesse caminho que percorremos o tempo é o pior dos obstáculos e ao mesmo tempo é muito importante, pq só ele cura... mas vamos vencê-lo sim!

    Bom domingo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bárbara,
      batida de carro é triste né?!!! Fico com tanta raiva de mim! Mas, graças a Deus, não tive prejuízo finaceiro, só o transtorno mesmo... Meu seguro pagou o carro batido do outro condutor, com o meu não houve nada... Menos mal!
      Quanto ao tratamento, quando quizer, me manda e-mail pra gente trocar uma ideia! Fica tímida não!
      Bjos

      carta.para.a.cegonha@gmail.com

      Excluir