Pesquisar nas cartas

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Tchau 2014, vá com Deus!

Difícil não vir aqui falar desse ano...
É doloroso, mas preciso lavar a alma e entrar 2015 com o coração limpo!
Todo 31 de dezembro, viramos a página da vida. É um novo começo completamente em branco pra gente riscar como quiser, mesmo sabendo que os traços são comandados por Deus todo Poderoso! Afinal, Ele nos deu livre arbítrio para desenhar a nossa vida como quisermos. No entanto, a folha em branco assim como o livro da nossa vida tem Ele como dono.

Pois bem, remexer nesse ano é lembrar do que não foi legal, do que não aconteceu... Mas também é agradecer imensamente as maravilhas providenciadas sem pedido, sem prece, sem esperar, aquelas que Deus reserva pra acontecer na hora certa.

Das grandes batalhas ainda não vencidas, a única é a maternidade que contonua a me causar um pinguinho de tristeza. Gente, é muito triste não conseguir ser mãe ainda! Muito mesmo!
E tento não pensar no tempo. Pois, esse eu não tenho controle algum...

Das alegrias de 2014, tem uma que me causa profunda gratidão! Conheci tanta gente boa, que me ajudou tanto a superar fases de queda livre. Uma pequena parte dessas pessoas não sabem ainda, mas me levantaram como que um braço forte a me puxar do chão. Verdadeiros anjos! Sim, eles existem!

Pra 2015, eu vou repetir um único pedido... Todas sabem, mas vou declarar novamente:
Eu quero um filho!
E Deus, caso queira mandar mais, estamos aí! Super topo!!!

Feliz Ano Novo, pessoal!

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Das vacinas ILP

Oissss!!!

Depois de hibernar um bocado aqui do blog... vortei!

No último, fiz uma lista com um resumo dos últimos acontecimentos.
Vou começar pelas vacinas... Foram 3 doses. Não vou mentir! Dói pra kct! E na última, fui sozinha porque maridone estava com a perna completamente imobilizada e não tinha como me acompanhar. Já foi uma saga a coleta do material dele no dia anterior.
Por falar nisso... Deixa eu explicar uma coisa. O tratamento das vacinas foi todo feito por aqui, não precisei ir até Campinas. Nem para as consultas, que foram realizadas via skype. No entanto, todo o preparo do material coletado aqui é processado lá. Caso morássemos em Campinas ou São Paulo, a coleta seria feita e no mesmo dia seria injetada em mim. Mas como aqui ainda não tem laboratório para esse fim, o material vai a Campinas e no dia seguinte é aplicado.
Li em alguns artigos que a eficácia da vacina pode ser prejudicada, pois quanto mais cedo for aplicado melhor é. O importante é não ultrapassar um prazo de 24 horas entre o processamento do sangue do maridone e a aplicação. E assim foi feito. 

Deu certo! Apesar de ter ficado acima só um pouquinho da porcentagem mínima de positivação (inventei essa palavra)...rs
O exame positivou com as doses sugeridas e não precisei de reforço imediato.
A única pendência é fazer mais uma dose (que seria o reforço) 3 semanas antes da minha próxima transferência. 


Fiquei muito contente com o tratamento e bem confiante que será mais uma ajuda. Todas aqui bem sabem que esse tratamento é muito recente e sua eficácia nos processos de fertilização in vitro ainda não tem comprovação científica oficial. Apenas estudos realizados por amostragem que resultaram em gravidez de nascidos vivos. 
Mas eu acredito! Ponto!

Esse final de ano está sendo meio punk (falecimento e doença em parentes bem próximos e queridos) pra minha família e de repente entendi que Deus quis me poupar de muita carga... Entendi que essa não era a hora da minha gravidez, por mais que eu quisesse e sonhasse com um Natal diferente.

Entendi que eu tenho que passar por tudo e lutar para que o meu filho chegue a mim.

Tenho uma amiga fivete querida que deu entrada nos papéis para adoção, mesmo ainda não tendo desistido do tratamento. Ela vai agir nas duas frentes.
Pensei no assunto, pesquisei algumas coisas... Mas sabe que meu coração nem do maridone ainda pede para tentarmos nosso filho biológico. Meu coração tem muita, muita vontade e fé que minha gravidez está bem perto. Eu sinto! 
E esse assunto (adoção) pode voltar, mesmo com nossos filhos biológicos. Mas por enquanto, ele está em segundo lugar.
A esperança de ter um beta positivo e uma gravidez vitoriosa arde em meu peito e meus pensamentos são totalmente voltados para esse universo.


E pra você, cara leitora, que está passando o mesmo que eu, não desista e faça o que seu coração mandar. Seja leal a ele! Deus te dará o caminho!!!